Aumento no consumo de café em casa não compensa queda no comércio por conta de Covid-19

ilustração
Pixabay

Segundo projeções do Departamento de Agricultura dos EUA, consumo global deve cair pela primeira vez desde 2011

O consumo de café dentro de casa, que aumentou durante a pandemia de Covid-19, com mais pessoas fazendo home office, não deve compensar a forte queda da demanda decorrente de cafés e restaurantes fechados. “A sensação, ao conversar com as pessoas do mercado, é que a queda no consumo fora de casa é maior do que o aumento no consumo em casa”, disse o diretor-executivo da Organização Internacional do Café, José Sette. “Por isso é improvável que o aumento do consumo doméstico compense totalmente. Isso ainda é uma especulação”.

A queda nos futuros do café arábica neste ano coloca o produto entre as commodities com pior desempenho, junto com petróleo nos EUA. Mas analistas dizem que os preços do café podem reagir se as medidas de estímulo governamentais fizerem o consumidor a buscar mais a bebida ou incentivarem idas a cafés e restaurantes. Pesa no resultado o fato de o mercado ter excesso de oferta, com colheita farta no Brasil, maior produtor mundial do grão.

*Trecho do conteúdo do Canal Rural. Leia na íntegra em https://www.canalrural.com.br/noticias/agricultura/cafe/consumo-de-cafe-em-casa-queda-covid/

Compartilhar:

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *