Barista usa café indígena de RO e se classifica para a final de campeonato em MG

Léo Moço fez um drinque de assinatura usando robusta amazônico. Semana Internacional do Café se estende até a próxima sexta-feira (22).

Barista Léo Moço faz drinque com robusta amazônico durante competição em Minas Gerais.  — Foto: Renata Silva/Embrapa-RO
Barista Léo Moço faz drinque com robusta amazônico durante competição em Minas Gerais. — Foto: Renata Silva/Embrapa-RO

O barista tricampeão Léo Moço, de Curitiba (PR), se classificou nesta quinta-feira (21) para a final do Campeonato Brasileiro de Barista, que acontece durante a Semana Internacional do Café, em Belo Horizonte (MG). Entre as escolhas de Léo Moço estava um drinque ao qual ele usou o café robusta amazônico indígena de Rondônia.

Essa é a primeira vez que um café da espécie canéfora (robusta e conilon) é usado nesse tipo de prova. O trabalho foi acompanhado por indígenas na plateia. No total, havia 22 competidores e apenas seis passaram à final.

*O texto é do Rondônia Rural, publicado pelo G1. Confira na íntegra em https://g1.globo.com/ro/rondonia/rondonia-rural/noticia/2019/11/21/barista-usa-cafe-indigena-de-ro-e-se-classifica-para-a-final-de-campeonato-em-mg.ghtml

Compartilhar:

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *