Café: OIC prepara ação para elevar consumo mundial

naom_5f10018bb221c

O Conselho Nacional do Café (CNC), como integrante da delegação brasileira junto à Organização Internacional do Café (OIC), intensificou seu posicionamento para que a entidade tenha maior foco de atuação na promoção do consumo da bebida, principalmente nos países produtores e mercados emergentes.

“Preços remuneradores somente são alcançados quando existe o equilíbrio entre oferta e demanda. Trabalhar o aumento do consumo de café de forma permanente, para evitar a formação de excedentes que aviltam a renda dos cafeicultores, é uma política global que beneficia todas as regiões produtoras do mundo”, explica o presidente da entidade, Silas Brasileiro.

Em linha com o posicionamento do CNC, o Conselho Internacional do Café aprovou, em sua 127 sessão, nos dias 10 e 11 de setembro, um termo de referência para contratação de consultoria que visa a atualizar o Guia Detalhado da OIC para Promoção do Consumo de Café nos Países Produtores.

Segundo o trabalho estatístico da OIC, o consumo per capita de café nas nações exportadoras é baixo, com exceção ao Brasil, onde atinge 6,3 kg/habitante/ano. Na Colômbia e na Etiópia, importantes origens que se situam no grupo com números mais altos de consumo per capita após o Brasil, esse número é de apenas 2 kg/habitante/ano.

Considerando essas informações, o presidente do CNC avalia que disponibilizar ferramentas para que os governos, com o envolvimento de suas cadeias produtivas, estimulem o aumento do consumo doméstico deve ser uma bandeira prioritária da Organização, pois já existem diversos planos e incentivos para o aumento da produção.

*Trecho de conteúdo do Canal Rural. Leia na íntegra em https://www.canalrural.com.br/radar/cafe-oic-prepara-acao-para-elevar-consumo-mundial/

Compartilhar:

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *