Café robusta de RO é arrematado pela 1ª vez em leilão de concurso nacional de qualidade

79693069-2531453660419791-2094238478869987328-n

Uma saca foi vendida por R$ 1.600 e a outra por R$ 1.550, sendo cinco vezes maior do custo de mercado.

Pela primeira vez, duas sacas de um robusta amazônico produzido em Rondônia foram arrematadas nesta quarta-feira (12) no leilão dos melhores cafés nacionais da Associação Brasileira de Indústria do Café (ABIC). A ação faz parte do 16º Concurso Nacional ABIC de Qualidade e durou dois dias.

As sacas são do cafeicultor Alex Marques de Lima, de Alto Alegre dos Parecis (RO). Ele venceu o concurso da ABIC pela categoria conilon/robusta. A participação de amostras de café robusta é inédita no concurso. Os valores do arremate foram de R$ 1.600 e R$ 1.550 para cada saca, sendo cinco vezes maior do custo de mercado (em média de R$ 300).

*Por G1 RO. Confira na íntegra em https://g1.globo.com/ro/rondonia/rondonia-rural/noticia/2020/02/12/cafe-robusta-de-ro-e-arrematado-pela-1a-vez-em-leilao-de-concurso-nacional-de-qualidade.ghtml

Compartilhar:

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *