Lavouras de café ganham com soluções inovadoras de startups

Drone 02

Empresas como Grandeo, ScanFito e QIPixel propõem melhorias no campo a partir de leitura de dados com dispositivo infravermelho e monitoramento por drones ou satélite.

Um dispositivo do tamanho de uma máquina de cartão capaz de fornecer análises quando encostado no fruto do café: essa é a proposta do espectrofotômetro NIR portátil da startup paranaense Grandeo. A invenção é capaz de fazer uma série de diagnósticos por meio de luz infravermelha. “É uma luz especial que tem várias colorações e diversas frequências. Cada molécula do fruto responde de um jeito diferente a essa luz”, explica Alexandre Pereira, consultor da Grandeo.

Leia a notícia na íntegra em https://www.brasilagro.com.br/conteudo/lavouras-de-cafe-ganham-com-solucoes-inovadoras-de-startups.html

Compartilhar:

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *