Palavra do Associado: representatividade e qualidade na indústria

arte gráfica com imagem homem produtor de café associado da abic
15/06/2021
Publicado em

Cargo: Diretor do Café Pindense

Com 40 anos de atividades, o Café Pindense teve o primeiro contato com a Associação Brasileira de Café (ABIC) em 1982, durante o 9° Concafé em Camboriú, Santa Catarina. Logo após o evento, a empresa se vinculou à Associação. 

Joaquim Araujo, diretor do Café Pindense, explicou que ser associado à ABIC é de extrema importância, principalmente, pela representatividade da Indústria Brasileira de Café. Para ele, o fato da Associação ser reconhecida e respeitada gera credibilidade para a empresa e para o público.

Na visão da empresa, outro ponto importante é o incentivo que a ABIC dá ao consumo de qualidade no Brasil. A fim de atestar a qualidade em seus produtos, a indústria já participa do programa de Selo de Pureza desde o seu lançamento em 1989.

“A ABIC promove o consumo do café de qualidade no Brasil, e representa muito bem o industrial de café perante os órgãos de governo, entidades de classe e os consumidores. Através de seus programas, consegue transferir credibilidade e respeito aos seus associados”, explica. 

Redação: Usina da Comunicação

Compartilhar:

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *