ENTREVISTA OIC: setor quer mapear retornos do café dentro da cadeia produtiva, afirma Sette

Queremos ver onde está indo todo esse dinheiro porque, para os países produtores, sobra menos de 10% do valor total da cadeia

Agência Estado / Célia Froufe

Há pouco mais de dois anos no comando da Organização Internacional do Café (OIC), o brasileiro José Sette está à frente de um projeto ambicioso e que busca tornar os retornos financeiros com a atividade cafeeira mais equânimes da ponta do produtor até as pequenas cafeterias. Para isso, quer mapear quanto cada elo consegue embolsar com o negócio, um trabalho difícil porque que precisa contar com informações a serem fornecidas espontaneamente pelo setor privado.

*A matéria é do Portal Revista Cafeicultura. Acesse na íntegra em https://revistacafeicultura.com.br/index.php?tipo=ler&mat=68349&entrevista-oic–setor-quer-mapear-retornos-do-cafe-dentro-da-cadeia-produtiva–afirma-sette.html

Compartilhar:

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *