Homenagem ao Dia Internacional do Café

Cíntia Matos, presidente da seção brasileira da Aliança Internacional das
Mulheres do Café, fala sobre a questão de gênero na cadeia produtiva

Criada pela Organização Internacional do Café (OIC), a comemoração do dia 1º de outubro foi estabelecida para destacar internacionalmente a importante jornada do café desde a produção até o consumo final.

As comemorações foram uma iniciativa do Ministério das Relações Exteriores (MRE) e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), em parceria com as entidades do setor, ABIC – Associação Brasileira da Indústria de Café, ABICS – Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel, CECAFÉ – Conselho dos Exportadores de Café do Brasil, BSCA – Associação Brasileira de Cafés Especiais e CNC – Conselho Nacional do Café.

No evento, no Palácio do Itamaraty, o Ministro de Estado interino das Relações Exteriores, o embaixador Marcos Bezerra Abbot Galvão, discursou sobre o tema escolhido pela OIC para as homenagens deste ano. “Women Coffee” foi a temática selecionada para 2018 em celebração à relevância da participação feminina na cadeia produtiva cafeeira. “A resiliência do setor reflete a força de milhões de mulheres, sejam elas plantadoras ou pesquisadoras, exportadoras ou autoras de políticas públicas, que trabalham para que o setor seja cada vez mais eficiente e inclusivo. Que lutam não apenas para incrementar a renda familiar, como também para estimular a produção mais sustentável e intensiva em altas tecnologias e para promover a inserção do café brasileiro em novos mercados internacionais, a manutenção do mercado doméstico e, ainda, o estímulo ao consumo em mercados maduros”, avaliou o ministro.

Na ocasião, a senhora Cíntia Matos, presidente da seção brasileira da Aliança Internacional das Mulheres do Café, apresentou também o tratamento da questão de gênero na cadeia produtiva cafeeira.

Além da comemoração em Brasília, embaixadas e consulados brasileiros no exterior realizaram, na mesma data, eventos de promoção sobre o café brasileiro. Em Berlim, Dubai, Londres, Los Angeles, Miami, Moscow, Nova Iorque, Paris, Seul, Sydney, Tóquio e Xangai, compradores, distribuidores, jornalistas, consumidores e degustadores de café, em todas essas cidades, puderam provar a diversidade e a qualidade da oferta dos cafés brasileiros.

Compartilhar:

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *