Sessenta e oito amostras participam do XVI Concurso Conilon de Excelência Cooabriel

DSC06146-768x576

Criado pela Cooabriel no ano de 2003, o concurso objetiva incentivar e premiar os sócios que produzem e apresentam cafés de excelentes qualidades.

O XVI Concurso Conilon de Excelência Cooabriel recebeu 68 amostras de café conilon produzidos pelos sócios na safra 2019.

As amostras foram inscritas nas unidades da Cooabriel que os sócios fazem a movimentação de trabalho. Nesta safra, cinco unidades da cooperativa no Espírito Santo receberam os lotes concorrentes: São Gabriel da Palha, Nova Venécia, Águia Branca, Vila Valério e Alto Rio Novo.

Os cafés participantes nesta safra, são de origem de propriedades em oito municípios da região noroeste capixaba.

O Concurso irá premiar as categorias de cafés produzidos pelos sistemas de café natural e cereja descascado e premiará até os 10 lotes finalistas de cada categoria.

Os lotes selecionados serão divulgados após análises dos quesitos físicos e sensoriais dos cafés que serão julgados por renomados classificadores/degustadores de cafés especiais.

A divulgação dos classificados (em ordem alfabética) acontecerá no dia 02 de outubro de 2019 e o evento de encerramento com a divulgação dos vencedores e premiação dos primeiros colocados, será no dia 23 de outubro em São Gabriel da Palha-ES.

Serão distribuídas o equivalente a 96 sacas de café em prêmios, na seguinte ordem:

Premiação para classificados em café Natural:1º lugar – 10 sacas; 2º lugar – 08 sacas; 3º lugar – 06 sacas; 4º lugar – 05 sacas; 5º lugar -04 sacas; 6º ao 10º lugar: 03 sacas.

Premiação para classificados em café Cereja Descascado: 1º lugar – 10 sacas; 2º lugar – 08 sacas; 3º lugar – 06 sacas; 4º lugar – 05 sacas; 5º lugar -04 sacas; 6º ao 10º lugar: 03 sacas.

De acordo com o presidente da Cooabriel, Luiz Carlos Bastianello, o concurso faz parte de um projeto de melhoria da qualidade do café através de estímulos por premiação e tem alcançado resultados surpreendentes. “Desde 2003 quando foi realizado o 1º Concurso até esta data, podemos afirmar que a qualidade evoluiu muito e hoje temos cafés com pontuação inimaginável à época inicial”- declarou.

Compartilhar:

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *