Faturamento do atacado distribuidor cresce 0,38% em setembro

aisle-3105629_1280

Último trimestre de ano tem sinais de aquecimento e perspectiva para 2020 melhora. Avaliação do setor é de que aprovação da Reforma da Previdência demonstra disposição do Congresso em apoiar outras mudanças fundamentais para alavancar a economia.

O faturamento do atacado distribuidor teve resultado positivo em setembro em termos nominais, com crescimento de 0,38% em relação ao mesmo mês de 2018. No acumulado do ano, de janeiro a setembro, o desempenho foi superior em 1,19% na comparação com o mesmo período do ano passado, mantendo a expectativa do setor de terminar 2019 com alta entre 1% e 2%. De agosto para setembro, houve queda de -3,33%. Os dados fazem parte da pesquisa mensal da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores, apurada pela FIA (Fundação Instituto de Administração) com um grupo representativo de empresas.

Para o presidente da ABAD, Emerson Luiz Destro, o terceiro trimestre, tradicionalmente o melhor período do ano para o comércio, tem sinais de aquecimento. “Não é certamente o cenário que esperávamos há um ano, mas as medidas de curto prazo do governo, injetando dinheiro na economia através do FGTS e até o 13º salário, favorecem o setor”, afirma.

Segundo ele, a sinalização positiva do Congresso, que aprovou a Reforma da Previdência, colocando a principal despesa do governo sob controle, demonstra que há disposição para aprovar novas mudanças importantes para dar continuidade ao processo de recuperação da economia em 2020.

“A inflação controlada, a taxa de desemprego caindo e as taxas de juros menores são boas notícias. Estamos vivendo uma mudança de modelo e de forma de enxergar a economia. Há um tempo para as acomodações nesse processo e a esperança é que seja o menor possível”, disse Emerson Destro. 

Em termos deflacionados, os números do Banco de Dados ABAD/FIA permanecem negativos no acumulado do ano (-2,55%) e na comparação com setembro de 2018 (-2,45%). Em relação ao mês de agosto de 2019, o resultado ficou negativo em -3,29%.

Tabela

Faturamento – Período de análise:
Setembro- 2019
Nominal Real
MÊS X MÊS ANTERIOR -3,33% -3,39%
MÊS X MESMO MÊS DO ANO ANTERIOR +0,38% -2,45%
ACUMULADO NO ANO* +1,19% -2,55%

*em relação ao mesmo período do ano anterior Fonte: Banco de Dados ABAD/FIA

Sobre a ABAD

A ABAD representa nacionalmente um setor que faturou mais de R$ 262 bilhões em 2018. Atendendo diariamente mais de um milhão de pontos de venda em todos os 5.570 municípios do país, os atacadistas e distribuidores cumprem importante papel social, pois, além de dar capilaridade à distribuição de produtos industrializados essenciais por todo o território nacional, é responsável por movimentar as economias locais, gerando mais de 460 mil empregos diretos e 5 milhões de empregos indiretos nos estabelecimentos varejistas do país.

Compartilhar:

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *