Conab altera período de levantamento da safra de café

1-62

Na semana em que se comemora o dia mundial do café, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) decide alterar a programação do acompanhamento da safra desta cultura. O levantamento de campo que seria feito pelos técnicos da empresa no início do mês de maio, conforme cronograma previsto, foi transferido para o período entre o final de maio e junho. Com isso, a divulgação dos números de produção, área e produtividade, que seria feita no dia 19/05, passa para 18/06.

O motivo da mudança deve-se às ações de prevenção na fase de pandemia do coronavírus (COVID-19). Como ocorre em todos os órgãos governamentais, a Companhia está atenta às medidas de segurança e busca formas de preservar a saúde dos seus colaboradores, parceiros e também dos produtores rurais.

A Conab acompanha a evolução desta commodity desde 2001, e realiza quatro estimativas anuais da safra de café, nos meses de janeiro, maio, setembro e dezembro. Todas as estimativas realizadas pela estatal são precedidas por levantamentos de campo, época em que os técnicos da empresa percorrem as principais regiões produtoras do país. “O café tem uma particularidade perante as outras culturas, pelo fato de ser perene e poder florescer todos os anos. Com isso, o levantamento in loco é primordial para alcançar a exatidão dos dados”, explica o diretor de Política Agrícola e Informações (interino), Bruno Scalon Cordeiro.

Além dos levantamentos em campo, a Conab possui ainda o mapeamento de 98% da área total de produção, feito a partir de análises das imagens de satélite e comprovadas
por verificações presenciais. Este monitoramento garante mais segurança nas estimativas de safra e permite verificação mais precisa dos impactos climáticos na cultura.

*FONTE: Ascom CONAB

Compartilhar:

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *