Dicas práticas para extrair na torra o melhor do café

Q-Grader pelo Coffee Quality Institute e mestre em torra, professor Leandro Carlos Paiva compartilhou informações teóricas e práticas sobre o tema no Encafé

Dicas-práticas-para-extrair-na-torra-o-melhor-do-café

Ministrado pelo Professor Leandro Carlos Paiva, graduado em Agronomia pela Universidade Federal de Lavras, mestre doutor em Agronomia (Fitotecnia) pela Universidade Federal de Lavras, o curso teórico e prático de torra promovido pela Carmomaq lotou a sala para mostrar aos participantes técnicas que extraem o melhor do café – o que demonstra a preocupação do segmento em produzir grãos de qualidade.

Apresentado em dois módulos, teórico e prático, o curso abordou as diferenças entre torras de café tradicional e especial, a construção de curvas de torra, as etapas da torra, a degustação metodologia SCA, o preenchimento de planilhas SCA, a prática no torrador, a correção de curvas de torra e o balanceamento da bebida. Professor titular do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais – Campus Machado, Leandro possui experiência destacada em cafés especiais, pós-colheita e industrialização do café, é também Q-Grader pelo Coffee Quality Institute, Barista Master e Mestre em Torra.

No primeiro dia do curso, Leandro passou toda a base teórica sobre torra, seus conceitos, defeitos e pontos fortes a destacar em cada grão. “Apontamos, principalmente, tudo aquilo que os torrefadores podem implementar no seu processo para melhorar sua realidade e, mais do que isso, seu café”, disse o professor.

Na aula prática, foram explicados didaticamente como modular o perfil de torra para ressaltar o grão, tudo acompanhado por uma câmera que transmitia no telão a evolução do grão e o gráfico. “Mostramos a caramelização, torra mais rápida e outros bem desenvolvidos, possibilitando que todos pudessem também provar os cafés depois, sentindo na xícara o que muda em cada fase”, relembra Leandro. De maneira descontraída, todos puderam esclarecer dúvidas e fazer anotações que seguem junto na bagagem de cada participante, que pode sair do workshop sabendo como trabalhar melhor com seu equipamento de torra para obter o melhor do café. José Eustáquio, consultor em manejo do café e diretor da Mundo Novo Aliança, comentou que “as informações do curso superaram a expectativa e ensinaram de maneira prática e objetiva como obter um melhor resultado com foco nos pequenos detalhes”.

“O curso apresentou informações muito relevantes para o nosso dia a dia; de forma objetiva aprendemos na prática como fazer para extrair o melhor do grão no processo de torra. Acrescentou as informações que faltavam à nossa biblioteca de dados sobre o tema”, elogiou Corral Brito, do Café Vergato.

Compartilhar:

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *