Palavra da ABIC / Março 2018

“O café está mudando. E você?” Essa foi a temática do 25º Encafé, realizado entre os dias 22 e 26 de novembro, no Iberostar Bahia, que com certeza marcou fortemente a todos os participantes, onde num clima de confraternização e muito trabalho tiveram a oportunidade de avaliar e analisar o mercado e seu futuro.

Diversos e importantes assuntos foram tratados por especialistas do mais alto gabarito. Gostaria de ressaltar a apresentação logo na abertura do diretor-executivo da OIC – Organização Internacional do Café, que traçou um panorama da cafeicultura mundial e que deixou uma pergunta aos participantes: “O Brasil conseguirá ampliar sua produção para atender o crescimento da demanda mundial?”.

Já o economista José Roberto Mendonça de Barros, deixou uma perspectiva otimista ao afirmar que o cenário favorável coloca o Brasil no caminho do crescimento. O consultor Marcos Herszkowicz abordou um tema que há muito aguça o interesse dos industriais. A Sucessão. Com uma visão moderna e atual mostrou que “Suceder não é substituir”.

Diversos outros palestrantes despertaram o interesse e trataram de temas de extrema relevância. A “arena do conhecimento” levou informações sobre a ciência da torra, dicas práticas, cupping e ao universo de aromas e sabores do café. Geraldo Rufino encerrou o 25º Encafé com uma injeção de ânimo e positividade, numa verdadeira aula de otimismo.

Quero destacar a participação dos consultores da Euromonitor que apresentaram pesquisas extremamente importantes ao nosso setor, com dados relevantes, como: O consumo de Café deve atingir 25 milhões de sacas até 2021, registrando uma média anual de crescimento de 3,5%.

Os dados apresentados mostram uma indústria e um mercado pujante, com inovações e lançamentos, trabalhando com maiores valores agregados, um reposicionamento extremamente positivo das empresas, que indicam que a política suicida da guerra de preços está chegando ao fim e não vai prosperar.

Agradeço a participação dos nossos expositores, que promoveram uma grande feira, num ambiente descontraído e com muitos negócios.

Deixei para o fim um dos destaques que apresentei logo na abertura do evento: o 26º Encafé abrirá uma nova fronteira de atuação para o setor como um todo. Estaremos realizando o evento no exterior, em Punta Del Leste – Uruguai, com grande foco na tecnologia e nos novos meios de relacionamento com o mercado. Vamos expandir nossas atuações para os países da América Latina, trazendo novos fornecedores, novos consumidores e apresentando nossa grande indústria aos novos mercados.

Leiam com atenção esse Jornal do Café. Com certeza terão muito proveito. Aguardo à todos no 26º Encafé.

Ricardo de Sousa Silveira
Presidente
Compartilhar:

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *